Otimize a descoberta da sua aplicação na Microsoft Store no Windows

Rumsha Siddiqui

Parabéns por iniciar o percurso da sua aplicação rumo à Microsoft Store! Tem uma aplicação excelente e o próximo passo é ter a certeza de que os clientes a conseguem encontrar e obter mais informações sobre a mesma.

Tal como os metadados e a informação da página são importantes para a descoberta das suas propriedades na Web, os metadados que disponibilizar através do Centro de Parceiros são essenciais para a descoberta e a interação do cliente na Microsoft Store no Windows.

Tenha em conta as melhores práticas seguintes para garantir que o anúncio do seu produto contém informações ricas e relevantes, permitindo aos clientes encontrarem facilmente a sua aplicação do Windows:

  • Nome do Produto
    • É o nome que vai aparecer como o título da aplicação em toda a Store, incluindo nos resultados da pesquisa.
    • Utilize um nome simples e exclusivo para ajudar os clientes a identificarem e diferenciarem o seu produto.
    • Não utilize um termo genérico para o nome da aplicação, como "Jogo", "Produtividade" ou "Saúde". Utilize, em vez disso, um nome que dê destaque à aplicação.
  • Logótipo da Store
    • O ícone da aplicação é o primeiro elemento visual que os clientes veem e utilizam para identificar e associar à sua aplicação. Invista no design de um ícone distintivo e reconhecível para que os clientes possam localizar e ligar-se rapidamente à sua aplicação do Windows.
  • Descrição
    • Crie uma breve descrição ou um slogan apelativo para chamar imediatamente a atenção dos utilizadores quando visitam o PDP da sua aplicação.
    • Não poupe no tempo para garantir que a sua descrição longa contém o seguinte:
      • Palavras-chave e informações relevantes sobre a aplicação, como capacidades, funcionalidades únicas, como subscrever e outras informações que possam ajudar os clientes a compreenderem melhor o funcionamento e as funcionalidades da mesma.
      • Informações atualizadas da aplicação. Pode fazê-lo ao:
        • Garantir que as informações serão verdadeiras para versões futuras da aplicação
        • Criar um envio novo para a versão atualizada da aplicação.
      • Se a aplicação oferecer multimédia, considere incluir os géneros populares oferecidos.
  • Termos de pesquisa
    • Inclua variações do nome da aplicação que os clientes possam utilizar para se referirem à mesma. Por exemplo, acrónimos ou nomes abreviados da aplicação. Considere utilizar acrónimos ou nomes abreviados da aplicação. Por exemplo, um cliente pode pesquisar por Microsoft Teams com os termos "Teams", "Windows Teams" ou "MS Teams".
    • Concentre-se em termos que sejam relevantes para a aplicação, evitando termos genéricos que se possam aplicar à maioria dos outros produtos. Por exemplo, um termo relevante para a sua aplicação pode ser "labirinto" e um genérico "jogo".
    • Recorra a palavras individuais que reflitam a aplicação por si só. Por exemplo, experimente "caneta" em vez de "ferramenta de caneta".
  • Capturas de ecrã
    • Embora as capturas de ecrã não melhorem a descoberta em si mesmas, são importantes para atrair os clientes e convertê-los em utilizadores da aplicação. Pondere demonstrar as principais funcionalidades e características da aplicação do Windows para ajudar os utilizadores a compreenderem melhor o que o seu produto oferece. Recomendamos pelo menos quatro capturas de ecrã.

O planeamento das informações a incluir como metadados da aplicação é um passo importante do processo de publicação. Durante esse planeamento, confirme também se segue as Políticas da Microsoft Store.

Para orientações adicionais sobre a navegação através do Centro de Parceiros, veja a documentação do Centro de Parceiros.